Blog do Cadu: 40 anos sem CHE

terça-feira, 9 de outubro de 2007

40 anos sem CHE


Ontem, dia 08 de outubro, fez 40 anos do assassinato de Ernesto "CHE" Guevara. Ele foi assassinado na Bolívia durante sua tentativa de liderar o povo boliviano em sua revolução. Ele e Fidel Castro foram as duas principais lideranças da revolução cubana.

Che era um revolucionário da América Latina por essência, se negava a seguir a URSS e sempre afirmava que ela não resolveria os problemas dos povos latino-americanos. Caberia a nós mesmos lutarmos por nossa total independência.

Argentino, médico, largou tudo pra libertar aqueles que quando ainda estudante conheceu de perto em uma viagem feita numa motocicleta.

Após 40 anos, Che continua sendo um símbolo de luta revolucionária para a juventude de todo o globo.

Claro que ele também possuía erros, era humano. Mas sua abnegação contra o sistema opressor apaga suas falhas.

Todas as manifestações que ocorreram e ocorrerão durante essa semana mostram que seus ideais e sua luta permanecem vivos entre os povos oprimidos e entre a juventude. Na Bolívia, Evo Morales disse: "A América Latina deve viver com dignidade e liberdade. Não podemos mais ser o pátio dos fundos do imperialismo norte-americano". "A luta heróica de Che e de outros revolucionários continuará até acabarmos com o capitalismo. Esta é a luta dos povos".

Che é mais um dos inúmeros lutadores que serão eternos enquanto houver injustiça em nosso planeta.

Nenhum comentário: