Blog do Cadu: Morte de Bin Laden. Paz?

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Morte de Bin Laden. Paz?


Foi anunciada a morte de Osama Bin Laden. Osama teria sido o mentor intelectual dos atentados ao World Trade Center em setembro de 2011. Foram dez anos de caçada aquele que foi considerado o inimigo  público numero um do planeta nos últimos dez anos.

Muita euforia nos EUA após o anúncio oficial de Barack Obama sobre a morte de Bin Laden. Muitos jovens, inclusive. Pessoas que eram crianças no 11/09.

Realmente nesses dez anos a cultura da guerra manteve-se intacta por lá. Ao invés do atentado fazer com que os EUA repensassem sua postura diante do mundo, isto se manteve firme em sua cultura.

Será que a morte de Bin Laden significa tempos de paz? Será que os estadunidenses poderão realmente se sentir seguros?

Acho que não. As represálias vão continuar e nessa brincadeira toda a indústria armamentista vai lucrando como nunca e os EUA cada vez mais se consolidando como senhores da guerra.

Bin Laden não é a causa da violência no Oriente Médio. É na verdade, conseqüência de séculos de conflitos e de décadas de intervenção imperialista na região.

Ele mesmo, Osama Bin Laden foi treinado pela CIA numa guerra civil contra os comunistas que venceram as eleições no Afeganistão e em seguida expulsar os soviéticos que intervieram em defesa dos comunistas daquele país.


Bin Laden que já foi herói da democracia, hoje é considerado inimigo público número um pelo EUA, era na verdade, ontem Bin Laden foi morto em confronto no Paquistão.

Se no começo os conflitos na região se davam por questões meramente religiosas (no começo mesmo, há séculos atrás), hoje se dá pelo combustível que faz o mundo se mexer, o petróleo. Tendo como principal intervencionista os Estados Unidos da América.

Uma coisa que não podemos deixar de ressaltar no anúncio da morte de Bin Laden foi o fato de seu corpo ter sido jogado no mar tão rapidamente e se ter uma única imagem dele morto e que até agora não foi confirmada como verdadeira.

Esquisito isso, não?

Outros Osamas virão, disso não tenho dúvida. Como também virão outros 11/09, infelizmente. Os conflitos no Oriente  Médio precisam parar, mas não era com a intervenção do ocidente capitaneado pelos EUA e seus asseclas.


P.S.: sobre o atentado de 11/09 recomendo assistirem 11/09 de Michael Moore (clique aqui) e Zeitgeist (clique aqui)

2 comentários:

Marcos Antonio disse...

Com a morte do líder da rede Al-Qaeda, Obama fatura politicamente sua reeleição. Não foi feito justiça, mas cometeram um assassínio autorizado por Obama. Bem fortaleceram mais a AL-Qaeda.

http://www.marcosantonio50.blogspot.com

Anônimo disse...

Muito estranha esta notícia. Cheiro de armação da Casa Branca.Se Osama foi realmente assassinado o ocidente pode ter tudo, menos paz. Agora, ô povinho muquirana este americano.Ficar aliviado com a morte de um inimigo é compreensível, porém, comemorar nas ruas sua morte mostra os verdadeiros "valores" desta "civilização".
Novas informações sobre a morte de Bin Laden: Os prisioneiros de Guantánamo informaram a existência de um mensageiro de Bin Laden (sob tortura, de acordo c/ o JN). Bin Laden estava desarmado no momento da ação ( Segundo o JN foi, então, uma... execução). Os helicopteros envolvidos na ação invadiram o espaço aéreo paquistanês ( ainda segundo o JN). Conclusão: Não se trata, evidentemente, de defender o terrorismo que deve ser combatido, mas, convenhamos, não é também terrorismo esta ação dos EUA? Almir bauer.