Blog do Cadu: EUA: terra da covardia

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

EUA: terra da covardia


Neste fim de semana assisti o programa “Pelo Mundo” da Globo News sobre um vídeo divulgado pelo Wikileaks acerca de um massacre do exercito estadounidense sobre civis iraquianos. No programa também continha uma entrevista com um soldado que após tal massacre caiu sua ficha sobre o que realmente são as guerras promovidas pelos “defensores da democracia global” no Oriente Médio.

O tal soldado revela como se treina para matar “inimigos” na terra da Disneylândia e que até crianças são consideradas terroristas.

A sede de poder e de petróleo dos gringos não tem fim. Tampouco limites no uso da força.

Se não bastasse a crueldade, há também uma enorme covardia.


Covardia, sim. O exercito dos EUA só atacam pelos ares. Armas de longo alcance. Sequer encaram seus “inimigos” de frente. Sem falar, é claro, no fato de que tudo é alvo. Escolas, hospitais...

Os Estados Unidos da América não são o berço, nem os portadores da democracia mundial. São sim, os detentores da covardia e da crueldade.

Quando não podem “meter bala” nos inimigos, promovem uma verdadeira chantagem internacional para isolar tal país economicamente.

O povo norte americano em parte coaduna com tal postura de seus governos, mas não na totalidade. À parte que discorda cabe ir à luta para que seu país pare de querer ser o dono do mundo e que realmente os estadounidenses possam verdadeira mente viver em paz assim como o resto do mundo.

Abaixo trecho do programa “Pelo Mundo” exibido no último sábado.

Nenhum comentário: