Blog do Cadu: Tchau, Ricardo.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Tchau, Ricardo.

Ricardão caiu. Calma que não se trata do taradão da vizinhança e sim de Ricardo Teixeira, agora ex, presidente da Confederação Brasileira de Futebol – CBF. Em carta lida hoje numa coletiva de imprensa, o ex-vice e agora presidente da CBF, José Maria Marin. Teixeira foi presidente da entidade por 23 anos.

Agora vai ter gente dando tapa no vento pra ocupar o lugar deixado por ele. Este mandato vai até 2015, mas pode-se convocar uma eleição antecipada. Vamos ver no que dá.

Em carta,”Rick” fez um discurso vitimizatório: "Presidir paixões não é uma tarefa fácil. Futebol em nossos país e associado a duas imagens: talento e desorganização. Quando ganhamos, exaltam o talento. Quando perdemos, a desorganização. Fiz o que estava ao meu alcance. Renunciei à saúde. Fui criticado nas derrotas e subvalorizado nas vitórias. Deixo definitivamente a presidência da CBF com a sensação de dever cumprido”.

Polêmicas não faltaram na passagem dele pela a entidade máxima do futebol brasileiro que recebia cobranças como se fosse uma entidade pública tão grande é a paixão do povo brasileiro por futebol.
Se bem que com a quantidade de “dim dim” público que recebeu ao longo dos anos, bem que parecia mesmo.

Mas infelizmente ou felizmente, depende do ponto de vista, não é. Tampouco suas eleições devessem receber fiscalização da justiça como no caso das eleições institucionais.

Ricardo Teixeira arrumou vários inimigos ao longo de sua passagem frente à CBF e alguns amigos de conveniência, entre eles “A Poderosa”, sim, a rede “Grobo”. Esta sempre silenciada para ter a exclusividade de transmissão dos jogos do campeonato brasileiro e da seleção.

O Marin já disse que vai continuar o trabalho de Ricardo Teixeira. Então foi seis por meia dúzia. Mas espero que algo aconteça. Que, se não as federações, os clubes possam fazer algo. Tomara que dê uma coceira na cadeira dos presidentes dos clubes e eles se mexam.

E sobre a Copa, cabe ao governo garantir que as obras se concretizem. Se Teixeira era um engodo, agora já não é mais. Sobre o futebol, aos clubes e federações, como diria o personagem Fucker da dupla Fucker and Sucker do Casseta & Planeta: “Mexam esses traseiros gordos”!

Nenhum comentário: