Blog do Cadu: Convenções confirmam: PSDB isolado

domingo, 1 de julho de 2012

Convenções confirmam: PSDB isolado


Ontem, dia 30 de junho, aconteceram as últimas convenções partidárias para o lançamentos das candidaturas que pleitearão a prefeitura de Maceió. Algumas mudanças e definições aconteceram. A que mais me chamou a atenção foi PSB desistir de lançar candidatura para apoiar Jeferson Morais do DEM. O PSB lançou, Carimbinho, filho do seu pré-candidato, o deputado federal Givaldo Carimbão, candidato a vice de Morais.

O PP se definiu por fechar com o PSDB. Então teremos Marcelo Palmeira como vice de Rui Palmeira. Os sobrenomes são apenas coincidência.

O PTdoB lançou em chapa “puro sangue” a deputada federal Rosinha da Adefal. O PPS manteve sua candidatura com Nadja Baía. E o PSOL lançou o professor Alexandre Fleming, com um vice do PSTU.

Das candidaturas, a mais ampla é a de Ronaldo Lessa que conta com o apoio de 12 partidos. Com o apoio do atual prefeito, Cícero Almeida. Mesmo esse sendo do partido do vice de Rui Palmeira.

Téo Vilela, atual governador do estado, apoia Rui Palmeira, candidato do seu partido, o PSDB, mas declarou apoio também a Jeferson Morais. Comparecendo, inclusive em sua convenção.


Na chapa de Lessa, ampla como poucas vezes vista, também conta com apoios de figuras contraditórias como o senador Fernando Collor. Apesar deste, não ter influência sobre o programa de governo da chapa.

Repete-se, com algumas diferenças, o arco de aliança do segundo turno das eleições de 2010 para governo do estado.

Olhando o resultado das composições após as convenções, confirma-se o que escrevi na última postagem. O PSDB definha (clique aqui).

O tucanato alagoano só conseguiu mais do mesmo. O vice é do PP e não tem expressão nenhuma. Conta agora com o apoio do senador Benedito de Lira, mas este não tem lá essas forças todas em Maceió.

Como em São Paulo. Rodou, rodou e o vice do Serra é indicado do Kassab. Que foi o vice do Serra em 2004. (leia aqui)

Pra quem era o candidato barbada pra essa eleição, até que não tem ninguém querendo sair na foto com o novo velho candidato do PSDB.

O DEM e o PSB , base de apoio do governo tucano em Alagoas, preferiram sair em outra chapa.

Agora espero que ao longo da campanha se debatam projetos políticos e propostas para os problemas da cidade.

Mas não sei porque, a tática de bichar adversários com processos durante a campanha do PSDB, vai ser usada mais uma vez nesta eleição. Foi assim nas campanhas de 2008 e 2010.

Que venha a campanha eleitoral e com ela o início da pá de cal no PSDB. Aqui em Alagoas e no resto do Brasil.

Abaixo veja um recado importantíssimo para esta (e outras) eleições


Nenhum comentário: