Blog do Cadu: Eu me importo, Joaquim Barbosa!

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Eu me importo, Joaquim Barbosa!



Sonhando com novas capas...
Questionado sobre a aprovação da criação de mais Tribunais Regionais Federais (TRF’s) Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), respondeu com um desdenhador “quem se importa?”. Mas não foi um simples “quem se importa?”, foi em inglês. Afinal, tudo que gringo é mais bacana, não é?

Barbosa parece não se importar muito com um monte de coisas. Com a liturgia do cargo que ocupa, com a autonomia entre os poderes da República, com o rigor constitucional de verdade sem falas e posturas justicialistas – como ele mesmo afirmou “a Constituição é o que o STF diz que é”. Ele parece não se importar com a relação promíscua que tem com setores da “grande imprensa”, pagando dos cofres do Supremo, viagens para que jornalistas façam sua assessoria nos jornalões.

Ele parece não se importar com a relação entre seus pares e desses com a sociedade em geral. Realmente, Joaquim Barbosa não dá a mínima importância para o que acontece ao seu redor, exceto se isso ou aquilo vai lhe render capas de salvador da pátria em pseudorrevista falida ou em programa televisivo dos domingos ou mesmo se a DC Comics, detentora dos direitos do Batman, vai fazer uma versão do herói com ele ao invés do Bruce Wayne. Será?

Nem adianta falar muito sobre as inúmeras coisas que Joaquim Barbosa não se importa, ele não se importa mesmo. O que ele gosta é de aparecer, de achincalhar jornalista, advogados, juízes de outras esferas e, até o STJ, ele o chamou de burocrático. Mas não se importou em deixar oito mil processos parados para o novo ministro do STF, Luís Roberto Barroso. Afinal de contas, com o quê o supremo presidente do Supremo tem que se importar? Deve pensar o “bat-ministro”.

Sobre essas e outras questões acerca do que não se importa Joaquim Barbosa, a resposta deve ser em espanhol. Já que El usou o idioma da “gringolândia”, usemos os de nossos irmãos latino-americanos: nosotros nos importamos!

Um comentário:

RLocatelli Digital disse...

Excelente resposta ao Joaquim Batman e a todos os que têm alguma ilusão sobre ele.

Sobre a suposta ideia de faze-lo personagem de quadrinhos, é melhor a DC tomar cuidado. As máscaras de carnaval do Joaquim encalharam.