Blog do Cadu: "As traíções começam em setembro"

terça-feira, 16 de setembro de 2008

"As traíções começam em setembro"

A campanha eleitoral em Maceió não conseguiu, pelo menos até agora, empolgar a maioria do eleitorado. Nem pra prefeitura, nem pra vereador. É como se as pessoas estivem com vergonha de vestir a camisa de seus candidatos e candidatas.

Estamos na metade de setembro e é chegada a hora das máscaras na campanha eleitoral começarem a cair. Começam os zum-zum-zuns. Quem tá comprando voto, quem mudou de lado e sobre a falsidade das pesquisas divulgadas nos jornais através de "ilibados" institutos.


Tem gente que se diz de esquerda, mas tá junto com Collor e João Lyra, outros que estão numa coligação com a esquerda e tão apoiando "na baixa" o candidato do forró de mal gosto. Os primeiros atrás de um carguinho na prefeitura, caso tenhamos uma reeleição para prefeito; os outros para tentarem ganhar os votos da periferia.


Não podemos esquecer também a ação da Polícia Federal em cima da compra de voto. Tem candidato (a) que nunca fez propaganda de suas campanhas e agora tá fazendo por desespero. A compra de voto diminuiu consideravelmente por aqui.


Tem gente que vai eleger, mas vai ser cassado logo em seguida pela justiça.


Sobre a esquerda que tá com o que tem de podre na política de Alagoas, ontem uma figura que se acha emblemática da esquerda mostrou a cara. Já tava moribundo e depois do último guia eleitoral morreu de vez. Perdeu o "fio de cabelo de sapo" que lhe restava em voto de opinião. O candidato a vereador do mesmo partido desesperou-se e não vai se reeleger. Lascou-se todinho.


Mesmo faltando em torno de vinte dias para a eleição, é nesse período que os bastidores se intensificam. Pode-se dizer que a campanha começou pra valer mesmo.


Como diria um ex-governador de Alagoas: "as traíções começam em setembro..."


P.S.: caso você não tenha lido o post em que digo em voto em outubro, aí vai:


Para vereador voto em Edberto Ticianeli - 13513 (veja o site aqui) e para prefeito voto em Judson Cabral -13.

Nenhum comentário: