Blog do Cadu: Eleições 2008

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Eleições 2008

Ontem aconteceram as eleições municipais no Brasil. Ontem tivemos a chance de renovar (nem que seja um pouquinho) a política em nosso país começando pelos nossos municípios. Bem, acompanhando por cima o resultado das eleições em todo o país, houve sim, alguma renovação.


Mas será que essa renovação, mesmo que pequena, foi na política ou somente nos indivíduos que passarão a ocupar as prefeituras e as câmaras municipais?


Aqui em Maceió, salvo algumas excessões, ficamos apenas nos indivíduos. Na prefeitura nem isso...


Na disputa pela Câmara, houveram bastante mudanças, mas com certeza o perfil da "casa do povo" municipal piorou. Outro que chamou bastante atenção foi o desempenho da ex-senadora Heloísa Helena. Ele obteve quase 30 mil votos e conseguiu "puxar" mais um de seu partido, Ricardo Barbosa com aproximadamente 400 votos, para a vereância.


Mesmo discordando de muitos de seus posicionamentos políticos, esse dois representam uma mudança de perfil entre os vereadores. Porém, são dois entre vinte e um.


Uma entre tantas perguntas que ficam no ar sobre a nova câmara de vereadores é quando Heloísa renunciará ao mandato de vereadora. Se vai esperar até 2010 para ser candidata a Presidência da República ou ao Senado Federal em Alagoas ou se sairá antes para viajar pelo Brasil como presidente nacional do PSOL. Orival França será vereador em Maceió.


Na prefeitura, deu o mais do mesmo, Cícero Almeida reeleito. Mas para os mais observadores, uma coisa chamou a atenção. Judson Cabral teve um desempenho muito acima das pesquisas feitas pelos institutos "ilibados" do nosso Estado. Teve pesquisa que lhe dava 2% das intenções de voto. Judson obteve 10%.


É óbvio que estas pesquisas tinham como objetivo manipular os votos dos maceioenses, tendo em vista que o raciocínio do "perder o voto" é muito forte por aqui.


Ainda existe a possibilidade de mudança no resultado do pleito de 05 de outubro. Se a PF fizer a depuração necessária, muita gente vai chupar dedo na cadeia. Foram mais de 100 prisões por conte de compra de votos. Teve até esposa de vereador flagrada comprando voto no CEPA (Complexo educacional com mais de 10 escolas, tipo de campus universitário) e com a PF "correndo" atrás dela para prendê-la. Esse vereador não se reelegeu.


Teve um dos "milhares" de primos do prefeito que teve seus assessores presos com R$ 125 mil para comprar voto.


Realmente a Polícia Federal precisar fazer essa depuração.


Agora é esperar pra ver...



Veja o resultado das eleições em Alagoas (clique aqui)

Nenhum comentário: