Blog do Cadu: Extinção da Secretaria Municipal de Direitos Humanos: erro crasso de Almeida

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Extinção da Secretaria Municipal de Direitos Humanos: erro crasso de Almeida


Na última semana, o prefeito de Maceió, Cícero Almeida, extinguiu a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania após a exoneração do então secretário Pedro Montenegro.

Política de Direitos Humanos, ao contrário do pregam os “mamãe eu sou reaça” de plantão não é para passar a mão na cabeça de bandido.

Política de Direitos Humanos é a garantia de direitos básicos às pessoas. Direito à dignidade, e não vistas grossas à transgressões.

Precisamos ou não deste tipo de ação em Maceió?

Temos os piores índices de desenvolvimento humano. Somos a capital mais violenta do Brasil. Alagoas como um todo não consegue acompanhar o desenvolvimento econômico e social do restante do país.


A meu ver, políticas de direitos humanos são extremamente necessárias. Principalmente onde as garantias jurídicas para os pobres, em sua maioria, não são cumpridas e quando são, demoram tempo demais para acontecer.

O trabalho que vinha sendo realizado na Secretaria era bastante interessante. Em especial a reformulação das eleições dos Conselhos Tutelares.

Isso mexeu com muita gente.

Esta mudança daria um “upgrade” nos Conselhos, tão importantes para a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes.

A população de Maceió perde e o prefeito errou feio. Aliás, o prefeito já vem errando a um bom tempo, principalmente na eleição para governador do Estado no ano passado. Se isola cada vez mais, política e socialmente.

Nenhum comentário: