Blog do Cadu: "Por um fio de cabelo de sapo" do pleno emprego

quarta-feira, 20 de julho de 2011

"Por um fio de cabelo de sapo" do pleno emprego





Nunca antes na História desse país, expressão repetida por N vezes pelo ex-presidente Lula, nosso índice de desemprego esteve tão baixo. Apenas 6,2%.


Estamos à beira do pleno emprego!

E o rendimento médio real da população economicamente ativa é de R$ 1.578,50, o valor mais alto para o mês de junho desde 2002.

Agora que os agorentos de plantão vão, como se diz no popular, “pocar pelas costas”.


Em 2003, encabeçado por Lula, iniciou-se no Brasil um projeto de desenvolvimento com inclusão social e mais democracia.

Os números estão aí para provar isso.

A oposição está sambando mais do que pitomba em boca de banguelo. E nos estados o PSDB se comporta mais como base do governo federal do que como oposição. Vide o governador de Alagoas que na sua campanha à reeleição se referenciou mais em Lula do que em Serra, “seu candidato”.

Olha o oportunismo...

E agora com essa noticia da taxa de emprego no país (mais uma excelente!), acho que Paulo Henrique Amorim tem razão. FHC vai cortar os pulsos e o Serra vai voltar pra tumba.

A expressão “nunca antes na História desse país”, se as coisas continuarem do jeito que estão logo, logo terá gente defendendo que seja gravada em nossas cédulas e moedas.


Veja na página do IBGE na internet a pesquisa sobre a taxa de emprego no Brasil – clique aqui

Um comentário:

Leonel disse...

Então digamos: - Viva! Mas é interessante apenas tomar cuidado com o termo usado "pleno emprego", não pelo significado das palavras, mas pelas origens e idéias que circundam o termo econômico. Sei que nem de perto você é um dos que concorda com os liberais. Boa postagem! Leonel