Blog do Cadu: Quem vai parar o Tio Sam?

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Quem vai parar o Tio Sam?



Evo Morales, presidente da Bolívia foi sequestrado pelos Estados Unidos. O avião oficial de seu país esteve com o espaço aéreo bloqueado na Áustria. Isso por que os ianques, na sua paranoia e cultura de guerra infinita, acharam que o país sul-americano iria dar asilo ao ex-agente da CIA Edward Snowden.

Snowden revelou como o governo estadunidense espionava à torta e à direita seus cidadãos usando, entre outras coisas, as redes sociais. Assim como Bradley Manning, ex-soldado que entregou imagens das atrocidades cometidas pelo exército de seu país na guerra no Iraque, o governo dos EUA o quer preso. Manning pode pegar prisão perpétua. Nas cenas divulgadas amplamente pelo ex-soldado, uma van com uma família que ia para escola é alvejada por tiros de uma aeronave.

O ex-agente da CIA se refugiou em Hong Kong. De lá foi para Moscou e em seguida pediu asilo político em 21 países. O Equador, que está dando asilo a Julian Assange do Wikileaks em sua embaixada na Inglaterra, foi o primeiro. Logo as ações de espionagem dos EUA voltaram a mostrar que nunca deixaram a guerra fria. Morales estava em visita à Rússia e a paranoia do Tio Sam teve certeza de que ele levaria o delator da espionagem na internet consigo para asilá-lo na Bolívia.

Na volta para La Paz, o avião oficial boliviano pediu para realizar um pouso em Portugal para reabastecimento. Não foi permitido, então pediu para fazê-lo na França e também não teve permissão. Pousou em Viena e lá ficou impossibilitado de seguir viagem por 24 horas. Os países europeus negaram autorização para sobrevoar seu espaço aéreo.

O imperialismo estadunidense mostrou seus dentes. O pior disso são países europeus aceitarem uma postura estapafúrdia como essa. Subserviência é outra coisa, isso ainda não tem nome. Os EUA têm certeza que são os donos do mundo e tem uma pá de gente que comunga dessa posição.

Agora imaginem se um país desse qualquer negar autorização para sobrevoar espaço aéreo do Força Aérea 1, aeronave oficial dos Estados Unidos. O que vocês acham que aconteceria? Outra questão para se pensar é que não se tem dúvida de que não a sigilo de verdade na internet, mas há dúvidas de que o Departamento de Estado dos EUA não monitoram e influenciam o que circula na internet no Brasil ou em outras nações?

O desrespeito com Evo Morales é algo escandaloso. Talvez se tivesse ocorrido com um país com mais destaque na mídia internacional, as reações tivessem sido outras. Em nota, a presidenta Dilma Rousseff afirmou que o “pretexto dessa atitude inaceitável – a suposta presença de Edward Snowden no avião do Presidente –, além de fantasiosa, é grave desrespeito ao Direito e às práticas internacionais e às normas civilizadas de convivência entre as nações”.

Também no comunicado de Dilma, ela mostrou-se surpresa com a postura servil dos países europeus que participaram do cerceamento à liberdade ao chefe de Estado boliviano. “Causa surpresa e espanto que a postura de certos governos europeus tenha sido adotada ao mesmo momento em que alguns desses mesmos governos denunciavam a espionagem de seus funcionários por parte dos Estados Unidos, chegando a afirmar que essas ações comprometiam um futuro acordo comercial entre este país e a União Europeia.

O constrangimento ao presidente Morales atinge não só à Bolívia, mas a toda América Latina. Compromete o diálogo entre os dois continentes e possíveis negociações entre eles. Exige pronta explicação e correspondentes escusas por parte dos países envolvidos nesta provocação”.

Dilma garantiu que vai agir, em fóruns internacionais, para que coisas desse tipo nunca mais aconteçam. “governo brasileiro expressa sua mais ampla solidariedade ao presidente Evo Morales e encaminhará iniciativas em todas instâncias multilaterais, especialmente em nosso continente, para que situações como essa nunca mais se repitam”, encerra a nota.

O velho Tio Sam não para de se meter na autonomia dos povos. Quem vai parar o Tio Sam?

2 comentários:

Rebeca Silva disse...

Bem a cara dos bananas mesmo. Querendo ou não quem manda naquelas terras é o Tio Sam, é de lá que vem os dólares enviados pelos imigrantes, a ajuda financeira via emprestimos e a compra de toda a produção exportada ...????

Antonio Benedito Alves da Silva disse...

Os países desconsiderados pela Europa e USA,que são muitos, poderiam se unir para um imenso Boicote. Já que estão na beira do abismo, vamos dar um empurrão. Eles devem muito a nós, em todos os sentidos, principalmente moralmente.