Blog do Cadu: Itau quer o Brasil à sua imagem e semelhança

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Itau quer o Brasil à sua imagem e semelhança



O banco Itau é o símbolo de como o capitalismo selvagem (se é que existe capitalismo civilizado) atua em nossas vidas. O banco dos Setubal obteve um lucro de sete bilhões de reais, maior do que a economia de 32 países no primeiro semestre de 2013. Porém, é a empresa segunda colocada em reclamações no PROCON e é o banco que mais demite trabalhadores. Em 2012, o banco fechou 7935 postos de trabalho.

A instituição financeira dos Setubal é a típica caricatura do capitalista de tirinhas de esquerda. Lucros exorbitantes, arrocho em consumidores e empregados. Só faltam os donos usarem cartola ao sair às ruas. Não por acaso que seus executivos defendem o aumento do desemprego, isso mesmo, desemprego. E como cereja desse bolo de exploração, o banco foi multado pela receita federal em R$ 18,4 bilhões por sonegação de impostos.

Agora querem entrar de vez na política. Além de Neca Setubal – irmã de Roberto que dirige o banco Itau – “marineira” de primeira hora e “fada madrinha” do novo partido ou antipartido de Marina Silva, a Rede. Outro “itaulista” que tenta figurar no ambiente político é João Amoedo, ex-tesoureiro do banco. Ele quer criar um partido chamado Novo. O que defende? A velha ladainha do Estado mínimo que servirá apenas para manter os juros altos.

Será que eles querem comandar o Brasil como comandam o banco? Alguém pode até dizer que se for será bom por que o Itau é campeão em lucratividade. Ora, nesse quesito o Banco do Brasil está na frente. Mas os Setubal são campeões mesmo em demissões e reclamações de consumidores.

Sua lógica à frente do país significará demissões em massa, pessoas insatisfeitas e infelizes ao extremo, mas com o lucro dos bancos e das grandes corporações nas alturas. Lembre-se disso em 2014: onde o Itau estiver, fique no flanco oposto. O Itau não gosta do Brasil nem dos brasileiros.

Marina Silva chegou a dizer que na Rede ninguém se lembra de que Neca é dona do banco Itau. Que coisa simples de esquecer não é? Uma banqueira andando ao seu lado, provavelmente pagando suas contas políticas e você acha que ela é uma militante da ecologia. Lindo.

Aliás, Marina gosta de andar com quem não respeita trabalhador. Não á toa que Guilherme Leal, dono da Natura, empresa campeã em sonegação de INSS, foi seu vice em 2010 e também é um “marineiro” de primeira hora.

É o eco-capitalismo na veia tentando tomar conta do cenário político nacional. Se nenhum tucano conseguir alçar voo maior do que o das galinhas, Marina e seu banco de vantagens serão a bola da vez da direita brasileira.

Um comentário:

Rita Candeu disse...

Estamos perdidos
em 2014 ou é Dilma ou é Dilma
não há outra opção mesmo....