Blog do Cadu: De quem é a culpa se Genoíno morrer

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

De quem é a culpa se Genoíno morrer



É de dar arrepios boa parte dos comentários que aparecem nas redes sociais e em sites de notícias e blogs na internet. Eles são feitos por pessoas sem a menor noção do que seja viver em coletividade, elas desejam vingança, vociferam ódio e desejam até, de forma explícita, a morte de pessoas unicamente por terem posicionamentos ideológicos diferentes.

É claro que esse afloramento não se deu sem uma “ajudinha” da mídia. Transformando – ou tentando transformar – pessoas como José Genoíno e José Dirceu em inimigos públicos.

Não passam de pessoas sem a menor capacidade de senso crítico, pois jamais se dirigiram dessa forma sobre o caso do desvio de meio bilhão de reais do PSDB em São Paulo ou da privataria ou do esquema de caixa dois, com dinheiro público, feita pelo tucanato em Minas Gerais.

Genoíno precisa de cuidados médicos e isso já era de conhecimento público antes do mandado de prisão feito por Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) contra ele.

Qualquer pessoa fora do perfeito estado de saúde tem direito a um tratamento diferente e isso não é regalia! Não importa se tem notoriedade ou não. É claro que pessoas que gozam de maior exposição (recurso financeiros!) conseguem fazer valer esse direito mais do que os anônimos. Mas isso não diminui em nada o direito negado a Genoíno e a tantos outros Brasil afora.

E a “grande imprensa” só alimenta esse tipo de comportamento. O jornal o Estado de São Paulo (Estadão) afirmou que as críticas feitas por personalidades jurídicas – boa parte delas anti petistas – em relação ao julgamento da Ação Penal 470 e as prisões que “o Estado de Direito está real e gravemente ameaçado no Brasil”.

A Folha disse que o direito constitucional de cassar mandatos é um desafio ao STF. Os veículos das Organizações Globo fazem verdadeiros espetáculos sobre o caso, com efeitos especiais que se assemelham a filmes “arrasa quarteirão” de Hollywood.

A assertiva do Estadão estaria correta se fosse direcionada ao comportamento de Joaquim Barbosa ou mesmo da mídia, mas nunca em questionar uma sequencia de violações tão gritante como estamos presenciando nos últimos dias.

Sequer ir a um hospital para realizar exames, solicitado pelo próprio médico da Papuda, prisão onde está Genoíno, foi permitido. Tudo por que, segundo o juiz de execuções penais do Distrito Federal negou o pedido alegando que o presidente do STF não autorizou a liberação.

Difícil é saber o que é pior: se toda essa gama de arbitrariedades que estamos presenciando, a inércia dos demais ministros do Supremo Tribunal Federal ou a torcida de gente que não merece nem ser chamada assim para que isso ocorra.

Se Genoíno morrer na prisão por falta de cuidados médicos a culpa é do STF, da “grande imprensa” e todos os autores desse tipo de manifestações na internet. Do mesmo jeito que foram responsáveis pela morte de Vladimir Herzog e tantos outros ao apoiarem a ditadura civil-militar de 1964.

Nenhum comentário: