Blog do Cadu: Em defesa da UNEAL

domingo, 23 de novembro de 2008

Em defesa da UNEAL

A Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL passa por enormes dificuldades. Poucos professores, sendo estes mau remunerados. A estrutura física é péssima. Efim, tudo que não deveria ter em uma Universidade, tem na UNEAL. A Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas - UNCISAL também passa pela mesmas dificuldades.

Isso é o resultado do descaso das elites alagoanas com o ensino por aqui. Esse descaso ainda mais forte com a política do PSDB implementada pelo governador Téo Vilela.

Abaixo um relato da avaliação do Movimento Estudantil da UNEAL divulgado no récem criado Blog do M.E por lá (Ver Blog aqui)


Resumo da Reunião Geral dos Estudantes da Uneal
18/11/2008

A reunião aconteceu com a presença de alunos dos campi de Santana, Palmeira e Arapiraca. Os estudantes de São Miguel informaram que tiveram problemas com o transporte e não puderam comparecer.

A pauta consistia na avaliação da greve dos professores e das mobilizações dos estudantes pela Uneal, na definição de nossas orientações aos estudantes conselheiros do Consu.e em produzir encaminhamentos para tornar as mobilizações Em Defesa da Uneal em mobilizações permanentes, para que assim não se resumam a períodos pontuais como os períodos de Greve.

Na Avaliação da Greve, verificamos que de forma equivocada a mesma tomou um direcionamento equivocado quando direcionou, em certos momentos, a atenção para divergências internas e deixou-se de lado o maior adversário no processo de luta pela Universidade, que é o próprio governador do Estado. Entendemos que estimular divergências entre professores, reitoria e alunos não produzirá efeitos positivos a construção da necessária unidade para superarmos a grave crise pela qual passa a Uneal. Essa crise é financeira, é estrutural, é acadêmica e é moral.

Entendemos que esse é o momento de voltar nossas atenções para os problemas externos, a Uneal está ameaçada e quem a ameaça está principalmente fora dos portões da Universidade. Temos problemas internos, é verdade, mas esses problemas serão resolvidos em fóruns específicos, como o Foruniv, o qual defendemos a sua realização o quanto antes possível.

Avaliamos como correta a posição dos estudantes de todos os campi, que tomaram a postura de fazer mobilizações independentes dos professores. Bem ou mal, é essa postura que está levando os estudantes a amadurecerem politicamente. Isso pra nós já é uma grande conquista.

Em todas as mobilizações estudantis procuramos defender a Uneal, e não expomos nossas divergências em relação ao movimento dos professores. Afinal, nossa contradição principal é com o governo do Estado, quem tem total responsabilidade pelos problemas que passamos na Uneal.

Assim após as avaliações, aprovamos por Unanimidade as seguintes resoluções:

Refundação do Movimento Em Defesa da Uneal. Tendo por base os estudantes e priorizando a luta pelas questões estruturais da universidade (Concurso público para professores, mais verbas, melhorias/instalação de laboratórios, mais e melhores livros nas bibliotecas, etc..). O Movimento em Defesa da Uneal tem o objetivo ser um ponto de apoio para ações conjuntas dos diversos segmentos que formam a Universidade.

Realizar o Seminário Em Defesa da Uneal – Nesse seminário temos o objetivo de chamar toda a sociedade para discutir a importância da existência da Uneal em seus diversos campi. Serão convidados sindicatos, associações, e demais movimentos sociais para juntos construir uma luta em defesa do ensino público e o seu papel para o desenvolvimento do Estado.

Prioridade à luta contra os adversários externos (lê-se Governo do Estado), mas sem abrir mão da repactuação interna entre os diversos segmentos da Universidade.Não posicionamento frente a disputa entre professores e reitoria. E nem entrar nas fofocas e picuinhas que querem colocar estudantes contra estudantes e demais segmentos. Buscamos nesse momento a Unidade Em Defesa da Uneal.

Orientar os conselheiros estudantis a votarem contra a redução do número de horas em sala de aula de cada professor por considerar que o momento não é propício a essa medida e que já existe uma resolução que permite a redução da carga horária ao professor que faz pesquisa e/ou extensão. Além do mais achamos que essa discussão deve ser discutida no Foruniv e não ficar restrita ao Consu.Abrir de diálogo com o professores e a reitoria para realizar o FORUNIV o quanto antes.

Construir um Blog para divulgar as mobilizações do Movimento em Defesa da Uneal.Criar um Site alternativo da Uneal que de forma mais ampliada possa refletir as diversas manifestações acadêmicas, políticas e artísticas da Universidade. Além de pressionar para que a Reitoria democratize o site “oficial”.

Sem mais, os estudantes trocaram contatos e se comprometeram a consolidar a já existente unidade entre os discentes.

Em Defesa da Uneal!

Nenhum comentário: