Blog do Cadu: Medo toma conta no CESMAC

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Medo toma conta no CESMAC



 Medo. Esse é o sentimento que os estudantes do CESMAC dos cursos noturnos sentem ao irem às aulas. Todos os dias pelo menos uma pessoas é assaltada nas mediações do campus IV que funciona no prédio do antigo colégio Guido. As abordagens acontecem, inclusive, na calçada da instituição de ensino. No dia oito de outubro foram dois assaltos. Uma das vítimas passou mal na entrada do prédio e foi socorrida por colegas de curso.

Também no dia oito, estudantes do prédio localizado na Rua Cônego Machado, onde funciona o curso de Direito, realizaram um ato em frente à instituição. Já aconteceu troca de tiros durante o período da tarde e, segundo relatos, os assaltos naquelas redondezas também são constantes.

É público e notório o alto grau de violência que toma conta do estado de Alagoas. Maceió é uma das capitais mais violentas do país com índices de mortes per capita alarmantes. As ações propagadas pelo governo estadual nada – ou pouco – surtem efeito. Milhões e milhões de reais são investidos pelo governo federal na área de segurança, através principalmente do Programa Brasil Mais Seguro, mas a sensação é que esse dinheiro desce pelo ralo.


Em maio desse ano, o CESMAC promoveu, no campus IV, uma palestra sobre segurança pública. Entre os nomes convidados estava o do Secretário de Estado da Defesa Social, Dário César. Porém, o mesmo não compareceu alegando outro compromisso naquela data e horário. Terá sido por medo de transitar naquela região? Os acontecimentos dos últimos dias perecem confirmar a assertiva.

A direção da instituição também parece se portar como se não tivesse nada a ver com o problema. A sensação que se tem é que o CESMAC lida com a questão como se devesse apenas esperar, passivamente, que os órgãos de segurança atuem. Os Centros Acadêmicos dos cursos de Comunicação Social, História e Biologia, cursos que funcionam no campus IV, estão organizando um ato para recolher assinaturas em abaixo-assinado exigindo da direção do CESMAC reforço na segurança em todos os campi.

Todos sabem em Alagoas a força política que tem a instituição para cobrar ações do poder público. Que isso seja feito logo. A saúde psicológica e física dos estudantes agradece.

Um comentário:

Madalena disse...

Os alunos do curso de letras do cesmac, que estudam na Fecom,situada no antigo Colégio Guido, estão sendo ameaçados e assaltados quase que diariamente. Estamos nos sentindo sem nenhuma proteção,as vezes pensamos em desistir do curso, o pânico está tomando conta de nós. Precisamos que sejam tomadas as devidas providências, pois só assim poderemos frequentar as aulas com tranquilidade.