Blog do Cadu: Bolsa playboy

sábado, 11 de janeiro de 2014

Bolsa playboy

O município de Roteiro no interior de Alagoas doou 300 mil reais para o Lopana Phoenix Fest que acontece no dia 11 de janeiro. É um evento da classe alta alagoana e será realizado na praia do Gunga. Para participar, os participantes devem ir de barco. Mas não são barcos quaisquer, são embarcações de luxo. É um evento para “gente fina”. Cerca de dez mil pessoas são esperadas no evento na praia do Gunga.

Roteiro possui 6.700 habitantes e fica a 58 quilômetros da capital Maceió. A cidade não possui sequer acesso fácil. E, a não ser a praia do Gunga, local do evento náutico, não possui nada que gere riqueza.

O Ministério Público Estadual (MPE) questionou o valor da doação ao evento e pediu informações da prefeitura sobre a doação.

Essa festa é realizada pelo bar da orla de Maceió Lopana. Ele é frequentado pela classe alta da cidade. Só para entrar no bar se paga 50 reais.


O maior “desgosto” dos frequentadores do Lopana em relação ao governo federal é, como não poderia deixar de ser, o programa Bolsa Família. Aliás, todo e qualquer programa social em atividade no país. Fatalmente fazem o mesmo coro de “não vai ter Copa” que setores conservadores tentam fazer ganhar força para criar tumulto durante os jogos em junho.



O pequeno município alagoano e o bar Lopana mostram bem como a desaprovação aos programas sociais e à Copa do Mundo no Brasil não passa de demagogia. Não pode dar dinheiro a pobre, mas pode fazer evento para a elite alagoana desfilar em seus iates.

Entre os patrocinadores do Lopana Phoenix Fest, está a marca de cerveja Stella Artois e do espumante Chandon. Tudo para ficar bem na linha da “gente diferenciada”. A festa também conta com o apoio do Pajuçara Sistema de Comunicação, grupo de mídia cujo os donos são usineiros. Entre eles a família do governador Teotônio Vilela Filho (PSDB), do ex-senador João Tenório (PSDB).

Em Roteiro, cerca de 1700 são beneficiadas com o Bolsa Família. O valor médio do programa, depois da complementação com o Brasil Carinhoso, são R$ 237,00. O valor doado pela prefeitura ao evento “chique” (R$ 300 mil) daria para pagar um mês de benefício a 1265 famílias.

E são essas mesmas dez mil pessoas que compartilham “não vai ter Copa”; “fora Dilma e PT” nas redes sociais. Pense numa demagogia em alto estilo, fina, à base de Chandon.

Nenhum comentário: