Blog do Cadu: Ei ADIDAS, sich verpissen! [ATUALIZADO]

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Ei ADIDAS, sich verpissen! [ATUALIZADO]



As ridículas camisas da ADIDAS



A ADIDAS, marca de material esportivo alemã e patrocinadora oficial da FIFA, lançou camisetas com conotação sexual sobre a Copa do Mundo no Brasil.

São bundas e mulheres de biquíni na promoção do evento esportivo a ser realizado em julho desse ano. O detalhe é que em uma delas, ao lado de uma mulher de biquíni, vem a expressão “lookin’ to score”. Em tradução livre significa “olhando para marcar” ou “procurando para marcar”. Marcar o quê?

Bundas femininas e mulheres de biquínis são pontos a serem marcados pelos turistas que chegarão ao país para a Copa? É isso?!

É certo que a exposição sexual das mulheres no Brasil é gritante. Seja em novelas, filmes ou comerciais de tevê. Mas daí incentivar o imaginário comum de parte das pessoas que vivem em outros países que aqui todas as mulheres estão apenas à espera dos gringos para ter relações sexuais é outra coisa.

E não se trata de falso moralismo, não. Ou será que ninguém sabe das excursões turísticas com finalidade sexual que acontecem a todo o momento no Brasil, principalmente oriundas da Europa?

O governo brasileiro já entrou em contato com a ADIDAS para ela retire essas camisas de circulação. “Essa campanha vai no sentido contrário ao que o Brasil defende. Nosso esforço é voltado para a promoção do Brasil pelos atributos naturais e culturais. Uma iniciativa dessas ignora e desrespeita a linha de comunicação que o governo adota”, declarou Flávio Dino, presidente da EMBRATUR, à imprensa.

O pior disso é que tem gente no Brasil que acha tudo isso normal. Além do machismo encruado em suas mentes, há o espírito de vira-latas.

Imaginem se na Copa realizada na Alemanha e uma marca de roupas qualquer resolvesse fazer camisetas para vender ao mundo todo com a cara do Hitler. Já pensaram na rebordosa?

Ou mesmo com mulheres alemãs com os seios de fora. Já que a prática de topless é comum na Europa.



[ATUALIZADO ÀS 16H46 - EM 25/02]


Adidas retira das lojas camisetas que relacionam o Brasil ao turismo sexual


Depois do repúdio do governo brasileiro e de reclamações de consumidores nas redes sociais, a Adidas anunciou que não vai mais vender as camisetas comemorativas da Copa do Mundo que relacionavam o Brasil ao turismo sexual. A empresa disse que a camiseta fazia parte de uma edição limitada que só seria vendida nos Estados Unidos.

Patrocinadora da Copa do Mundo, a Adidas disse que suspenderá a venda das camisetas, porque acompanha de perto a opinião de seus consumidores e parceiros. O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) repudiou o vínculo da imagem do Brasil com o turismo sexual.

Em uma das camisetas a Adidas expôs a figura de uma mulata ao lado da frase looking to score, um trocadilho sobre fazer gols e pegar garotas. De acordo com a Embratur, a promoção turística do Brasil no exterior não faz esse tipo de referência, e tem o objetivo de mostrar um país culturalmente diverso, com roteiros turísticos, ícones patrimoniais, belezas naturais, hospitalidade e modernidade.



Nenhum comentário: