Blog do Cadu: A natureza do escorpião da imprensa grande

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

A natureza do escorpião da imprensa grande



Até que ponto pode chegar a falta de assunto da imprensa grande? Depois de que Joaquim Barbosa foi pego com as calças na mão ao receber mais de R$ 14 mil em diárias para viajar para Europa estando em férias a mídia resolveu tratar uma parada da viagem de Dilma da Suíça para Cuba em Portugal com se fosse a mesma coisa feita pelo supremo presidente do STF.

O voo presidencial saiu de Zurich com destino a Havana. No meio do caminho realizou uma parada de 15 horas em Lisboa, capital de Portugal. Os gastos com o jantar foram pagos com dinheiro próprio de cada uma das pessoas que estão na comitiva da presidenta, segundo informou o chanceler Luiz Alberto Figueredo. E mesmo que não tenha sido, que a conta do restaurante tenha sido paga pelo Estado, não há nada demais nisso.

Dilma estava em viagem oficial e o custo foi bem menor do que os de Joaquim Barbosa ou do que gastou Aécio Neves, pré-candidato tucano à Presidência da República, em 2012 para comemorar o carnaval no Rio de Janeiro pago pelo Senado. Como bem desmascarou Fernando Brito no Blog Tijolaço. Aécio foi ao Rio de Janeiro em 15/02 e retornou em 28/02 daquele ano.

O desinteresse pela imprensa grande em informar às pessoas é doentio. Nem sequer se preocupam em disfarçar mais. É o bom e velho vale tudo dos anos eleitorais.

No Bom Dia (?) Brasil de hoje (28/01), a apresentadora do programa matinal fez questão, após mais uma matéria desinformante da Globo, que a parada de Dilma em Lisboa estava marcada desde a quinta-feira 23. Ora até parece que planos de voo são feitos depois que a aeronave já está no ar. Principalmente se for voo presidencial.

De todo jeito cabe aqui avisar aos desavisados que a aeronave oficial tem autonomia para realizar o percurso entre Zurich e Havana, porém isso seria feito com muita proximidade da capacidade máxima do avião, coisa que nenhuma companhia aérea ou piloto com o juízo em qualquer lugar que não seja nos pés faz. Problemas durante a viagem podem surgir, como mudanças nas condições climáticas.

Será que em um país do tamanho do Brasil não se consegue uma pauta para ser publicada na imprensa grande? Ou será que cobrar isso é cobrar que o escorpião mude sua natureza?

Um comentário:

curtidas no facebook disse...


Muito bom o post bem bacana !!